Ursula Nogueira

Coluna da Ursula Nogueira

Veja todas as colunas

O Amanhã

28/04/2020 às 06:35


A pandemia do novo coronavírus provocou muitas incertezas, em todas as áreas da sociedade. Parou tudo. E no futebol não poderia ser diferente. Direcionado a ele, me pergunto: o que será o amanhã?
As incertezas no calendário global são diversas. Como será a volta dos jogadores das férias impostas? Quais as expectativas dos clubes? Terá uma pré-temporada ou eles voltam a jogar sem ritmo e correndo risco de lesões? E as receitas? Responda quem puder.

A verdade é que eu não queria estar na pele do presidente das federações, principalmente da FMF, que tem uma atitude séria e difícil a ser tomada. E vai chegando o amanhecer.

Alguns já sugeriram o encerramento do Campeonato Mineiro, outros preferem a continuação. Há ainda aqueles que preferem o fim do ano sem um campeão e na próxima edição ninguém pode ser rebaixado. Como será?

Cada time tem uma opinião e querem que ela seja a tomada. Mas não há nada que agrade a todos em dias normais, imagine neste cenário que vivemos? Como Deus quiser...

Como estão as férias dos atletas? Certo é que muitos estão tentando manter a forma, mas mesmo que treinem em casa não é a mesma coisa de ter um acompanhamento profissional do nível dos clubes. 
A pandemia vai melhorar muitas posições na vida de todo mundo. Seja em relação profissional ou pessoal. Ninguém, por mais pessimista que fosse, pôde imaginar um cenário mundial como este que estamos vivendo. 

Pessoas boas ficarão ainda melhores e quem não é tem a chance de reciclagem. 

O certo é que as mudanças aconteceram em todos os sentidos da vida e é preciso ter cabeça boa para administrar o que está preparado para todo mundo. 

No mundo da bola também, onde tudo tem proporções astronômicas. Enquanto isso, pensamos: como será o amanhã?

Em tempo: 

O presidente da Federação Mineira de Futebol, Adriano Aro, confirmou à Itatiaia,  na segunda-feira (27), que está em conversa com o Governo de Minas para encontrar uma alternativa segura para a retomada do futebol. “Nada será feito sem levar em consideração as informações dos órgãos de saúde”, afirmou.

A ideia, segundo ele, é que até maio os treinos sejam retomados e em junho tenhamos partidas oficiais.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    As informações sobre a semana e os eventos serão transmitidos nas redes sociais do ministério e da Secretaria Nacional da Juventude.#Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️Técnico do América não poupou críticas à atuação do juiz Felipe Fernandes de Lima no clássico contra o Atlético. #itatiaia

    Acessar Link