Notícias

Minas e BH sobem em ranking de transparência de compras emergenciais na pandemia 

Por Júnior Moreira, 29/06/2020 às 08:19
atualizado em: 29/06/2020 às 09:40

Texto:

Foto: Pedro Gontijo (Imprensa MG) /Amira Hissa (PBH)
Pedro Gontijo  (Imprensa MG) /Amira Hissa (PBH)

RESUMO

  • Com 33 pontos a mais, o nível de transparência de Minas Gerais empata com Goiás na 5ª colocação
  • Entre as capitais, Belo Horizonte  avançou 40 pontos, também passou para nível “ótimo”


Um relatório da Transparência Internacional aponta uma melhora no nível de transparência de compras emergenciais em Minas Gerais e Belo Horizonte. Entre os estados, com 33 pontos a mais, o nível de transparência de Minas Gerais empata com Goiás na quinta colocação.

Minas Gerais chegou a 94 pontos numa escala que vai até 100. Entre as capitais, Belo Horizonte  avançou 40 pontos, também passou para nível “ótimo”. A capital mineira totalizou 87 pontos e saltou da 12ª para a 5ª colocação. 

No topo do ranking da transparência em compras emergências da pandemia, o Espírito Santo, entre os estados, e João Pessoa, entre as capitais, se mantiveram na liderança do comparativo e atingiram a pontuação máxima. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link